Feira livre de Patos reorganizada.


1 min de leitura
07 Apr
07Apr

Reorganização leva a segurança a clientes e feirantes de Patos durante a pandemia de coronavírus.

Protegendo clientes e feirantes  diante dessa pandemia do novo Coronavírus(COVID-19) obedecendo às determinações para evitar aglomerações, o prefeito interino de Patos, Ivanes Lacerda, resolveu  reorganizar da Feira Livre, que geralmente acontece aos sábados, desobstruindo as ruas Dom Pedro II e José Genuíno, no centro da cidade. 


Para que o objetivo fosse atingido, foram designados para organizar os espaços dos feirantes, o secretário de desenvolvimento econômico, Flaviano Resende, a Guarda Municipal e agentes da STTRANS.

A organização teve início por volta das 00h da madrugada do sábado, sendo que os feirantes ocuparam os dois lados das ruas deixando livre a passagem dos clientes e, assim, evitaram a aglomeração e aproximação dos frequentadores do local.

“Saímos agora da feira e tivemos sucesso na reorganização. Essa foi uma solicitação do prefeito Ivanes Lacerda para, em termos de urgência, à secretaria de desenvolvimento econômico para que solucionássemos esse problema para evitar aglomeração. Ele se preocupa muito com os feirantes e com aqueles que fazem a feira. Ivanes não queria que a feira fosse suspensa e, com essa determinação, fomos lá, pegamos ideias deles (feirantes) e no final do dia tivemos sucesso com a organização. Fim da aglomeração, feira ocorrendo tudo em paz”, disse Flaviano Resende.

FEIRA LIVRE DE PATOSFOTO CSS NOTICIAS

VEJA TAMBÉM  TENDAS DAS FORÇAS ARMADAS EM APOIO A LUTA CONTRA A PANDEMIA

O secretário informou que, juntamente com a Guarda Municipal e os agentes da STTRANS, recebeu apoio dos feirantes na hora de reorganizar as ruas para o sábado.
A atitude foi apoiada e elogiada, tanto pelos profissionais quanto pelos clientes. 

Lúcio Frazão vende feijão na feira de Patos e na Feira da Agricultura Familiar. Ele concordou com o novo formato.

“Eu acho que ficou muito organizado. A gente faz de oito a dez anos que trabalha aqui e nunca vimos uma organização tão boa como essa que fizeram hoje, porque o que a gente via era todo mundo apertado, nesse meio que é para o povo andar era muito feirista. Mas, a gente espera que essa organização continue. Ficou até melhor pra atender ao nosso consumidor”, opinou.

COORDECOM



Comentários
* O e-mail não será publicado no site.